Em formação

Casamento

Casamento

O momento mais importante na vida de qualquer casal apaixonado é o casamento. Para muitas meninas, o casamento se torna o dia mais bonito de sua vida.

Vestido branco, mar de flores, parabéns e sorrisos. Gostaria de me preparar da melhor maneira possível para este evento inesquecível. Mas um casamento requer atenção a muitos detalhes. Como melhorar as coisas? Nesse caso, é importante não sucumbir aos inúmeros mitos e equívocos que envolvem esse evento solene - os casamentos.

A noiva deve estar usando um vestido branco. No mundo de hoje, o preconceito não é mais tão importante como costumava ser. Portanto, se um vestido branco e um véu longo no chão não fizerem o coração palpitar, como na infância, você não deve obedecer aos estereótipos. Hoje, uma noiva elegante escolhe o tipo de roupa e a cor em que ela pode se sentir mais confortável. Ao escolher um vestido de noiva, não há necessidade de ficar pendurado no branco. Hoje, os estilistas oferecem um grande número de roupas modernas e elegantes para este evento solene. A noiva também pode experimentar, experimentando roupas de cores diferentes e escolhendo a que mais gosta. Um véu e uma tiara podem ser substituídos por grampos de cabelo com penas, miçangas e pérolas. Flores frescas ou artificiais também podem ser úteis. Ninguém nega a elegância do branco, mas o rosa pálido ou o creme podem competir com isso. Vestidos de cinza empoeirado, amarelo pálido ou lavanda também ficarão ótimos na noiva. E a tradição de um vestido branco para a noiva apareceu apenas no século XIX. Essa é a cor que a rainha Victoria escolheu quando se casou com o príncipe Albert.

É melhor não convidar especialistas em casamentos, pois os amigos lidarão melhor com essa tarefa. Muitas vezes, os convidados chegam a um casamento com fotografias e tiram muitas fotos. No entanto, você não deve pensar que o trabalho deles pode ser melhor do que o de um fotógrafo de casamento real. Sim, um amigo especialista em moda e um amigo alegre do toastmaster não podem substituir profissionais. Por exemplo, um fotógrafo de casamento experiente será capaz de combinar reportagens em tempo real e em tempo real na fotografia de casamento. Essa pessoa sabe em que pontos importantes do casamento devem ser focados; estará pronta para tirar uma foto neste momento. E com os amigos, sempre há o risco de que eles percam alguma coisa importante, levantando um brinde neste momento, saindo para fumar ou simplesmente escolhendo um ângulo sem sucesso. O fotógrafo aprimorou suas habilidades em vários eventos semelhantes. O mesmo pode ser dito sobre estilistas, músicos, floristas e torradeiras. Cada um deles conhece seu trabalho e suas possíveis nuances nesta celebração. Um especialista inexperiente, no caso de uma situação de emergência, pode simplesmente ficar confuso. Se você realmente deseja economizar, é melhor encontrar uma opção mais barata do que pedir ajuda a amigos que nunca serviram em casamentos. No final, os convidados do casamento querem e devem descansar, e não trabalhar para o bem dos noivos, que pouparam dinheiro para profissionais.

Se você foi convidado para um casamento, precisará convidar essas pessoas para a sua. Pensar dessa maneira é artificialmente se envolver em uma armadilha. Apenas um casal de noivos tem que decidir quem eles querem ver ao lado deles neste dia especial. Vale a pena convidar apenas as pessoas mais próximas que se alegrarão sinceramente no evento e darão sorrisos. Você não pode ser guiado por um senso de dever e convidar alguém apenas porque eles o convidaram. Se houver razões financeiras para limitar o círculo de convidados, vale a pena explicar antecipadamente aos conhecidos que não foram convidados sobre sua decisão. Os verdadeiros amigos entenderão essa escolha; não deve haver ressentimento. Devo dizer-lhe que as finanças permitem que você organize apenas um casamento em um círculo próximo de seus parentes e amigos mais próximos.

Usar os serviços de uma agência ou planejador de casamentos é desnecessário e caro. Esse mito pode ser muito prejudicial, pois um planejador de casamentos de terceiros pode economizar uma parte significativa do orçamento alocado para o evento. Pode-se presumir que uma mulher não se casa com tanta frequência que conhece todas as possibilidades de economizar dinheiro em um evento desse tipo sem perder a qualidade. Mas um especialista neste campo já está trabalhando em estreita colaboração com empresas de aluguel de carros, com floristas, músicos e restaurantes. A cooperação a longo prazo torna possível obter descontos significativos, que um cliente individual não é capaz de obter. Esta é uma opção muito atraente. Além disso, você pode solicitar aos organizadores que acompanhem o orçamento, controlando claramente as despesas e não excedendo a barra estabelecida. Se os fundos não permitirem a contratação de um assistente durante todo o período de preparação do casamento, você deverá contratar um coordenador de casamentos pelo menos no dia da celebração. Isso ajudará o casal em um dia especial a não lidar com problemas organizacionais, mas a aproveitar o casamento em si.

Você pode economizar muito se fizer a maior parte do trabalho do casamento. Muitos casais decidem, por exemplo, não comprar cartões de convite elegantes, mas fazê-los eles mesmos. Mas será um erro pensar que será mais barato fazer um livro de visitas, buquês, boutonnieres com suas próprias mãos. Os mesmos convites com decoração, fitas de cetim e miçangas levarão muito tempo para serem feitos. Será benéfico se todo o material e ferramentas já estiverem em estoque. Mas comprar tudo peça por peça pode ser um prazer caro, apenas papel de alta qualidade para convites vale alguma coisa. O desejo de fazer seus próprios adereços de casamento pode aumentar significativamente o orçamento de todo o evento. E quanto tempo vai demorar! Você precisa não apenas fazer algo, mas também aprender como fazê-lo! Provavelmente, ainda é mais fácil encontrar alguém que cuide desses problemas ou até mesmo comprar opções prontas. Afinal, existem pessoas que compram o mesmo papel em volumes industriais, e fazer convites é o trabalho principal. Querendo fazer algo para o casamento com suas próprias mãos, é melhor escolher apenas um ou alguns elementos. Assim, o desejo pela criatividade será realizado e o tempo será economizado.

Deve haver um número igual de convidados de ambos os lados. É uma situação normal quando, para cumprir uma regra não escrita, um lado convida irmãos e irmãs com suas famílias e o outro convida um tio distante de uma represa provincial, que eles não vêem há muitos anos. Em um casamento, deve-se pensar não no número de convidados e no pertencimento a uma das partes, mas na proximidade espiritual dessas pessoas. Afinal, quer-se tanto que neste dia as pessoas que realmente amam os noivos estivessem por perto, e não por acaso parentes distantes que por acaso estivessem aqui.

Melhor fazer um casamento barulhento, mesmo se você pedir dinheiro emprestado. Existem algumas ferramentas de economia de casamento. Começar uma vida familiar com dívidas não é a melhor solução para uma família jovem. Nesse caso, é importante priorizar. Se a principal coisa para a noiva é seu vestido lindo e uma sessão de fotos brilhante, você pode recusar uma limusine cara e reduzir o número de convidados. Se o objetivo é surpreender a todos com uma decoração para banquetes e mesas, escolha uma roupa mais simples. Você precisa fazer uma lista do que é mais importante e, em seguida, procurar maneiras de economizar dinheiro em outros artigos.

Os hóspedes devem comprar um presente pelo mesmo valor que sua participação no custo do banquete. De acordo com esse mito, os jovens devem dividir a quantia gasta pelo número de convidados, esperando um presente apropriado deles. Acredita-se que o casamento deve "dar frutos". Hoje, porém, os planejadores de casamentos acham essa abordagem ultrapassada. Os hóspedes podem e devem gastar o quanto entenderem. Nem todos podem pagar presentes caros, isso não deve impedir que um ente querido chegue à celebração.

O mês de maior sucesso para um casamento é junho. As previsões astrológicas repetem isso, mas se você as ler de perto, elas garantem um casamento feliz em outros meses. Mas a imensa popularidade de junho para a data do casamento levou ao fato de que o custo de organização de um casamento neste mês aumenta acentuadamente. Pode valer a pena escolher outro mês quente - julho ou agosto, e setembro também não costuma ser frio.O pior mês para um casamento é maio. Eles dizem que quem se casar em maio terá que "trabalhar constantemente" depois. Não tome tanto este lindo mês de primavera. A seu favor, está o fato de que em maio já está quente, mas ainda não tão quente quanto no verão. O mesmo clima ocorre no outono, mas a probabilidade de chuva é muito maior. E não há necessidade de falar sobre o inverno - este é o momento mais infeliz para um casamento. Imagine uma sessão de fotos de casamento em um parque com neve, uma noiva com sapatos finos no gelo. Tal evento pode se transformar em um ramo de doenças, e não na alegria de uma união conjunta.

Até a saída do altar, o noivo não deve ver a noiva. Especialistas acreditam que esta é uma superstição comum que não é suportada por nada. Não há nada errado com os jovens se olhando antes da cerimônia. Eles serão capazes de ver a beleza de suas roupas, se livrar do estresse. Isso tornará a cerimônia ainda mais harmoniosa e bonita.

Na última noite antes do casamento, a noiva e o noivo devem estar separados. Esse mito deve ter sido inventado pelos amigos do noivo de outras cidades, que querem passar a última noite antes do casamento na companhia dos homens e se lembrar dos velhos tempos. Os recém-casados ​​precisam lembrar que, ao construir sua vida e relacionamento futuros juntos, tudo depende deles. Portanto, você não deve obedecer a circunstâncias e crenças externas.

Um presente deve ser feito para os convidados - uma moldura com um retrato dos jovens. Parece que esse mito foi inventado pelos próprios vendedores de molduras. Desejando agradar seus convidados, você pode diversificar significativamente o conjunto de presentes. Podem ser chocolates, cupcakes lindamente embalados e vários itens originais de designer.

Somente as mulheres sonham com um casamento. Isso geralmente é considerado assim. Afinal, o ponto de vista aceito é que os homens são inconstantes e o casamento é uma maneira de mantê-lo em um relacionamento. Mas na vida também existem situações inversas - um homem sente a precariedade de sua posição. Então o casamento e a aparência dos filhos podem se tornar uma ferramenta para a preservação da família.

Casamentos após vários anos de casamento civil não fazem sentido, a família rapidamente se desfaz. Infelizmente, isso é evidenciado pelas estatísticas. No entanto, é geralmente aceito que a coabitação antes do casamento evita muitos erros, incluindo o próprio casamento. Nesse caso, você não deve adiar o casamento civil, pois o desejo de organizar um casamento pode desaparecer completamente.

Os casamentos são um must-have com convidados e um banquete. Esse ponto de vista geralmente pertence às mulheres, para quem um casamento sem comemoração não é um casamento. Afinal, todo mundo quer ser uma rainha de verdade por pelo menos um dia. Mas os homens são muito mais pragmáticos. Eles acreditam que o dinheiro que será gasto na celebração pode ser colocado nos negócios ou levado em uma viagem de lua de mel.

A primeira noite de núpcias deve ser apaixonada. Pensava-se que era nessa noite que os jovens podiam primeiro entrar em intimidade um com o outro. Hoje a situação mudou. Uma celebração tempestuosa leva ao fato de que, no final da noite, os noivos mal alcançam sua cama de amor. Os mais persistentes podem ter tempo para desempacotar os presentes e contar o dinheiro doado. E é melhor fazer amor de manhã, depois de um descanso de qualidade.

Os noivos não podem ser fotografados separadamente, devem ficar juntos o dia todo. Eles dizem que ninguém pode ficar entre os noivos, caso contrário, esse casamento vai desmoronar. De fato, para uma atmosfera mais quente e amigável em um casamento, a noiva e o noivo devem interagir de perto com os convidados. Você não deve se sentar imóvel nas mesas como adereços de casamento. Afinal, no casamento, você também pode conhecer parentes, amigos que não são vistos há muito tempo. Como não falar com eles? E no álbum de fotos, as fotos serão apropriadas onde as fotos foram tiradas de forma improvisada, sem a configuração clássica. A noiva pode estar perto de seus pais ou de um tio generoso. O noivo ficará ótimo na companhia de amigos jovens e bonitos.

Durante o registro, é impossível que o anel caia. Esse preconceito é um dos mais comuns em um casamento. Precisamos abordar com calma essa questão e entender que o anel pode cair das mãos simplesmente por causa da excitação. De fato, neste momento muitas pessoas estão olhando para uma pessoa, flashes flashes. Essa configuração é bastante incomum para qualquer pessoa. Depois disso, você não deveria se surpreender com o estresse causado por emoções positivas, que pode levar ao aperto de mãos? Perda do anel em tal situação também não é a pior coisa que pode acontecer.


Assista o vídeo: O Que Destrói um Casamento - Paulo Junior LEGENDADO (Junho 2021).