Em formação

Apartamento à venda

Apartamento à venda

Vender um apartamento é um processo complexo que requer conhecimento e experiência. Para não repetir os erros de outras pessoas, vale a pena conhecer antecipadamente os equívocos mais comuns.

Para estimar o custo de um apartamento, basta descrevê-lo verbalmente ao corretor por telefone. Talvez o custo aproximado de um apartamento possa ser determinado dessa maneira. No entanto, deve-se lembrar que o preço de uma "avaliação expressa" por correspondência pode diferir do preço final por centenas ou mesmo milhares de dólares. Um especialista pode nomear o preço exato dos imóveis somente após um exame minucioso das instalações.

Se você entrar em contato com várias agências ao mesmo tempo, a venda será mais rápida e lucrativa. Isso não é verdade. O vendedor pode receber uma campanha publicitária competente para seu objeto somente após a conclusão de um contrato. Nesse caso, a agência, confiante de que seus custos serão pagos, paga integralmente pela campanha publicitária do imóvel nas principais publicações imobiliárias. Após a conclusão de um contrato exclusivo, o corretor de imóveis é obrigado a relatar o trabalho realizado tanto para o cliente quanto para a administração da agência. Isso estimula o agente a trabalhar mais rápido e melhor.

O vendedor não precisa verificar o histórico do apartamento. Parece que a história do apartamento deve ser do interesse apenas do comprador. No entanto, de fato, essa verificação também é necessária para o vendedor. Verificar o histórico e fornecer o resultado ao comprador afeta positivamente o preço do apartamento e a velocidade de sua venda. Um comprador totalmente informado está pronto para pagar mais pelas propriedades verificadas.

A lista de documentos necessários para a venda de um apartamento é a mesma para todas as transações desse tipo. Cada transação possui muitos recursos que afetam a composição do pacote de documentos necessário. São considerados o número e a idade dos proprietários, a presença de menores, as pessoas com deficiência entre os proprietários, o tipo de propriedade, o tipo de casa, as reformas realizadas etc. Portanto, antes de coletar os documentos necessários para a transação, consulte um especialista.

Um grande número de visualizações de objetos é um indicador do bom desempenho do agente. Equívoco. Um grande número de visualizações ocorre quando um vendedor tenta agir independentemente ou contrata um agente inexperiente. Lembre-se de que nem todos os visitantes são compradores em potencial. Um corretor de imóveis experiente é capaz de identificar e excluir pessoas que estão "apenas interessadas" e não estão prontas para comprar essa propriedade, mesmo na fase de uma conversa por telefone. Como resultado, apenas alguns compradores chegam ao apartamento do vendedor, um dos quais acaba concluindo um acordo para comprar uma casa com o vendedor.

A tarefa de um corretor de imóveis é encontrar um comprador. O equívoco mais comum e bastante perigoso para o vendedor. A principal tarefa de um corretor de imóveis é fornecer ao cliente as condições de preço mais favoráveis ​​(isso requer experiência em negociação), reconhecer a transação e registrar os direitos de propriedade. Além disso (e isso é a coisa mais importante!), O corretor de imóveis deve fornecer ao vendedor pagamentos confiáveis ​​e seguros, excluindo qualquer tipo de engano.

Os prazos para o registro dos direitos de propriedade são sempre os mesmos. Infelizmente, esse não é o caso. Dadas as filas, esse processo pode levar de várias semanas a vários meses.

A propriedade é redigida por um notário. Muitas vezes, após a notarização da transação, o vendedor está sinceramente certo de que a venda já ocorreu e agora ele pode obter dinheiro para seu espaço de vida sem demora. No entanto, não é. O notário apenas certifica a transação: verifica a identidade e a capacidade legal dos cidadãos, os direitos de propriedade do objeto, fixa os termos da transação. No entanto, mesmo após o reconhecimento de firma, a transação pode falhar. A transferência de propriedade ocorre em Rosregistratsia e, por várias razões, o registro de direitos pode ser recusado. É por isso que antes da notarização da transação, apenas o depósito de dinheiro na célula ocorre. O vendedor pode receber o dinheiro devido somente após receber documentos da Rosregistratsiya.

O vendedor pode retirar dinheiro da célula do banco por conta própria. Como já mencionado, o comprador do apartamento coloca o dinheiro na cela do banco antes da notarização do contrato. Uma vez registrados os direitos de propriedade, o vendedor pode recuperá-los. No entanto, a dificuldade reside no fato de que o dinheiro pode ser retirado da célula apenas na presença de ambas as partes (o vendedor e o comprador). Antes do registro da transação, isso garante a segurança do comprador: o vendedor não pode retirar o dinheiro independentemente até que os documentos sejam recebidos da Rosregistratsia. Porém, após o registro dos direitos, podem surgir dificuldades - afinal, o comprador recebeu tudo o que precisa e não está mais associado ao vendedor. Ele pode sair de férias, mudar de residência, não atender telefonemas etc. Às vezes, os compradores chegam a fraudar deliberadamente, chantageando o ex-proprietário do apartamento - ele concorda em ir ao banco em troca de dinheiro apenas com a condição de que uma certa quantia seja paga a ele. É por isso que um corretor de imóveis de uma agência confiável é especialmente necessário nos cálculos - ele não permitirá que as partes se manipulem. Ao alugar uma célula, a agência se torna uma terceira parte que monitora a execução dos termos da transação e determina quem tem o direito de abrir a célula.


Assista o vídeo: Apartamento a venda frente mar no prédio mais alto do Brasil, Balneário Camboriú, One Tower (Pode 2021).